Social Icons

.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Ansiedade

É assim tão embaraçoso e angustiante,

O coração palpita e a frustração fica ali, 
No alto, esperando a hora de me agarrar.
A respiração acelera e pára! 
O medo acerca
E a esperança relaxa.

O peito dói!
Uma sensação estranha, 
Há amor.
Quero matar logo isso, 
Mas e o tempo?! 
O tempo me prende, 
Ele não me deixa ultrapassá-lo.

Irrito,
Brigo, 
Sonho e canto,
Enquanto estou preso, 
O que me resta mesmo,
É a ansiedade.

- M.Leite (20/08/2007)

Um comentário:

  1. Não procure entender, viver ultrapassa todo entendimento. Clarice Lispector

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário

 
 
Blogger Templates