Social Icons

.

quarta-feira, 28 de março de 2012

El sombrero mio!



Enquanto houver ar eu viverei, para todo o sempre viverei, a vida curta e bela que tenho aqui. Espero realmente que as ruas não troquem os caminhos e os pássaros não voem mais altos, ainda quero vê-los enfeitando nossos céus.
Sabe de uma coisa, algumas coisas realmente você sabe que são difíceis em nossas vidas, quem não gostaria de ir para Marselha e conhecer a beleza do sul da França. Alguns não! O pensamento de uma pessoa não pode assemelhar a de outra sempre. Deveras vezes sim, mas em realizações não. Deve ser um belo lugar lá, mas tem muitas pessoas felizes aqui.
Por isso que ainda desejo muito viver, a vida é um sopro, um lampejo. Quem dera ser rico e ter grandes dotes para meu gozo. Próximo a mim tem, aqueles que preferem colherem laranjas nos pomares e ter a plenitude da vida com o trabalho e luta cotidiana.
Ainda assim quero ver uma aurora boreal deitando sobre uma grande montanha. Para que esqueça todos os problemas preto e branco que a sociedade e o capitalismo impõem a minha mesa e aos meus talheres.
Perspectivas arbitrárias são o que atribuo a todo esse aglomerado de números que tenho aqui, números e mais números, somente isso, são assim que nos veem pela ótica governamentalista? Códigos, registros e numerações intransferíveis, filas e grandes salas de espera. Ainda quero sentir cheiro de lavanda nelas.
Sábio é o gavião, que vive nos céus e nos olha do alto, com visão aguçada e sagaz. Porque não a águia um animal mais belo e estrangeiro ao invés de uma simples ave da fauna brasileira!? Quem sabe perceba que o Brasil é o colosso do mundo, das belezas e diversidades, não quero e nem necessito de uma ave cinematográfica, tenho a imensidão das águas, fauna e flora. E assim como pode perceber, me distancio de você em pensamento, é melhor morrer nesse solo do que agonizar a um lábaro não louvado por ti.
Qual a estapafúrdia de adquirir bens e enormes volumes nos bancos, a vida toda poupando e evitando usar para seu beneficio, vai guardar para o governo ou para a parentada? A ampulheta findará e nem um cisco levarás, a não ser os atos do passado, sagrado e maculado passado, um misto de ironia e tragédia em sua intacta imagem.


- M.Leite

Um comentário:

  1. Hoje, passo apenas para te desejar uma santa e feliz Páscoa.
    Beijo
    Graça

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário

 
 
Blogger Templates